IAP

06/12/2017

Vizinhos de Vila Velha são capacitados para Ecoturismo

Com o curso, os moradores do Jardim Vila Velha poderão atuar como guias no Parque.

Moradores do Jardim Vila Velha, em Ponta Grossa, participam neste mês (5 a 20) de curso de capacitação de condutor de ecoturismo. O curso é promovido pela Associação de Moradores de Vila Velha, Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Paraná Turismo e a Universidade Estadual de Ponta Grossa.

A iniciativa tem o objetivo de capacitar os moradores para integrá-los às atividades do parque, que, após o curso, poderão auxiliar os guias do Núcleo de Turismo de Ponta Grossa atendendo ao público no local. Entre atividades teóricas e práticas do curso, os moradores irão aprender sobre a importância da conservação do Parque Estadual de Vila Velha, a base do turismo local, como fazer a condução de visitantes e geologia geral do Estado.

“Os moradores já atuam como voluntários do Parque de Vila Velha há anos, mas o nosso intuito é dar a oportunidade para que eles possam aprender, se capacitar, atender diretamente o turista e fazer disso uma oportunidade para complementação de renda”, explica o gerente do Parque de Vila Velha, Juarez Baskoski.

PARQUE - O Parque Estadual de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de três mil hectares e diversas atrações, entre elas os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada.

Entre a fauna presente no parque, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçada de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

 

SERVIÇO: Dias de visitação: De quarta à segunda -feira, finais de semana e feriados

Horário de visitação: das 8h30 às 15h30, com permanência permitida até as 17h30.

O Parque fecha ao atingir a capacidade máxima (800 pessoas por dia).

Localização: BR-376, km 515 - Jardim Vila Velha, Ponta Grossa – Paraná.

Ingressos: R$ 10 para Arenitos e R$ 8 para Lagoa Dourada e Furnas, além do valor do guia que deve ser contratado diretamente.

Meia entrada para estudantes brasileiros mediante apresentação de carteirinha, funcionário público, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa com apresentação de comprovante de residência. Menores de 6 anos e acima de 60 não pagam.

E-mail: pevilavelha@iap.pr.gov.br



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem