IAP

13/04/2018

IAP promove seminário de direito ambiental para seus servidores

Curso é ministrado pela diretoria jurídica do órgão para residentes, estagiários e servidores interessados

 

A partir dessa sexta-feira (13) residentes técnicos, estagiários e servidores do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) participam de Seminário de Direito Ambiental. O curso, realizado em Curitiba, é ministrado pela Diretoria Jurídica do instituto e tem o objetivo de discutir a legislação ambiental vigente para auxiliar no licenciamento, monitoramento e fiscalização ambiental.

Ao todo, participam do seminário 25 pessoas de diferentes áreas e que poderão auxiliar os técnicos do instituto nas atividades diárias. “A ideia é fornecer conhecimento para que os procedimentos internos do IAP, como pareceres técnicos de licenciamento ambiental, por exemplo, possam ser mais bem fundamentados e, com isso, contribuir para melhorar o nosso serviço à população”, explica Dr. Luciano Marchesini, diretor jurídico do instituto e coordenador do seminário.

O seminário acontecerá nas próximas cinco sextas feiras, sempre no período da manhã (10h às 12h). Serão tratados temas relevantes para a política nacional de meio ambiente, como parcelamento de solo urbano, Código Ambiental de 2012, Lei da Mata Atlântica, Lei de Crimes Ambeintais e principais resoluções do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) referentes ao licenciamento e fiscalização ambiental.

RESIDENTES TÉCNICOS – Os residentes técnicos começaram a atuar na sede do IAP nessa segunda-feira (9). Ao todo, são 24 profissionais formados em engenharia química, florestal, agronômica, ambiental, biólogos, geólogos e advogados que foram aprovados em teste seletivo.

Eles irão participar de curso de especialização em Engenharia e Gestão Ambiental (ensino a distância, coordenado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa) e residência técnica nos órgãos públicos. Cada residente receberá, além do curso, uma bolsa-auxílio mensal de R$ 1,9 mil para atuar durante dois anos nas atividades desenvolvidas pelas instituições no interior e capital do estado.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem