IAP

26/10/2018

IAP promove oficina sobre restauração ecológica

O evento busca proporcionar aos proprietário de imóveis rurais do Paraná condições para regularizar suas áreas de Reserva Legal e Preservação Permanente.

 

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) promoveu nesta semana (23 e 24) a 1ª Oficina sobre Restauração Ecológica no Estado do Paraná, organizado pela Diretoria de Restauração e Monitoramento Florestal do IAP, juntamente com o Laboratório de Ecologia Vegetal da UFPR.

O objetivo foi discutir e estabelecer critérios para as regulamentações necessárias em imóveis rurais no Estado, especialmente na recuperação de áreas degradadas e alteradas.

O Paraná possui 433 mil imóveis rurais com Cadastro Ambiental Rural (CAR) e que estão registrados no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar), correspondendo a 16.690.768 hectares (ha). Desde junho de 2017, o IAP está realizando a análise do CAR e posteriormente vai notificar os proprietários/possuidores de imóveis rurais para a regularização ambiental.

O evento foi constituído por um ciclo de palestras, tendo início com a apresentação do panorama do Programa de Regularização Ambiental (PRA) no âmbito do Estado e as perspectivas futuras, ministrada pelo diretor de Restauração e Monitoramento Florestal do IAP, Francelo Mognon. "Queremos proporcionar condições para que os proprietários rurais possam regularizar suas áreas frente à legislação ambiental vigente e, assim, possamos acompanhar a restauração e a conservação dos remanescentes florestais por imóvel rural", diz o diretor.

Nas palestras seguintes, foram apresentados modelos de restauração que são utilizados nas diferentes fitofisionomias que ocorrem no bioma Mata Atlântica.

Para concluir, os participantes foram divididos em grupos de discussão, havendo assim a interação e compartilhamento de conhecimento para a construção dos documentos técnicos necessários para a regularização ambiental, o qual constitui em Chave de Tomada de Decisão para apoio na escolha do método de restauração, Lista de Espécies Nativas, Critérios Técnicos para Restauração Ecológica em Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL) e Indicadores Ecológicos de Monitoramento.

O encontro contou com a participação de técnicos de diferentes instituições, como Secretaria de Estado do Meio Ambiente, UEL, Embrapa Florestas, Emater, UTFPR Dois Vizinhos, Sociedade Chauá, TNC, Copel, Sanepar, Itaipu, UEPG, UFPR, além de técnicos do IAP de outras regionais.

CAR – O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, instituído pela Lei Federal nº 12.651/12.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem