IAP

07/05/2019

Secretaria de Meio Ambiente passa por mudanças administrativas

A nova Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo busca reduzir diretorias, unir institutos e incluir novos órgãos na pasta.

 

O governador, Carlos Massa Ratinho Junior, sancionou no começo do mês de maio (3) a Lei nº 19.848/19, que prevê uma reforma administrativa nas secretarias de estado. Com isso, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMA) passa a se chamar: Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

Para o secretário de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, essa mudança no nome é importante para transmitir para as pessoas o objetivo da nova secretaria. “Nosso foco é o equilíbrio entre o desenvolvimento e a sustentabilidade. Vamos fazer do Paraná o estado que mais se desenvolve e que mais cuida da natureza”, afirmou Nunes.

Além do nome, a secretaria passa por uma reforma administrativa, com redução de coordenações e diretorias, fusão de institutos e inclusão de novos órgãos.

As seis coordenações que existiam na secretaria, serão substituídas por duas diretorias - Políticas Ambientais e Gestão Estratégica.

FUSÃO - Outra mudança é a criação do Instituto Água e Terra (IAT), uma fusão dos órgãos: Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) e Instituto das Águas do Paraná. A medida visa maior celeridade nos processos, eficácia e economia ao Estado.

“Estamos mudando a estrutura da secretaria, buscando agilidade e segurança aos nossos técnicos. É importante que eles entendam o processo e participem dessa construção”, avaliou o secretário.

Os três institutos juntos possuíam 19 diretorias. Com a criação do novo Instituto Água e Terra, possuirá quatro diretorias: Diretoria de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos, Diretoria de Gestão do Patrimônio Natural, Diretoria de Licenciamento e Outorga e Diretoria de Gestão Territorial.

INCLUSÃO - Outra mudança apresentada foi a inclusão do Simepar, da Paraná Turismo e da Agência Paraná Desenvolvimento.

Para Nunes, esses órgãos têm tudo a ver com o objetivo da nova secretaria. “Vamos unir as tecnologias do Simepar para monitoramento e fiscalização na área ambiental, transformar o Turismo do Paraná em uma grande máquina de emprego e divulgação da biodiversidade, e por meio da Paraná Desenvolvimento, atrair grandes negócios para o desenvolvimento do nosso Estado”, explica.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo em:
https://www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo/

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem