IAP

06/11/2019

IAP divulga empresa vencedora da licitação do Parque de Vila Velha

A concessão de área do parque pré-estabelecida pelo Estado permitirá à empresa vencedora desenvolver serviços de apoio à visitação com atividades de uso público e turismo.

 

A Comissão Especial de Licitação da Concessão de Uso do Parque Estadual de Vila Velha, localizado em Ponta Grossa, informa que a empresa Eco Parques do Brasil S/A foi a vencedora do certame. O objetivo da licitação foi selecionar a proposta econômica mais vantajosa. A concessão permitirá à iniciativa privada a exploração de serviços de apoio à visitação do parque.

Conforme o Plano de Trabalho da Eco Parques, serão implantadas em Vila Velha atividades como campo de desafio, arvorismo, tirolesa, ciclismo e mountain bike, entre outras. Também haverá facilidades aos visitantes como lanchonete, centro interativo e loja de conveniência, além da reestruturação da infraestrutura do local.

Tão logo a empresa cumpra as condicionantes previstas no edital de licitação – constituir a Sociedade de Propósito Específico (SPE) e apresentar a garantia de execução contratual – será chamada a assinar o contrato de concessão de uso, o que deve acontecer num prazo de 60 dias. A partir disso, terá início o desenvolvimento das atividades planejadas.

“Estamos colocando o Parque de Vila Velha à visitação, estadual, nacional e internacional. O turismo relacionado aos atrativos ligados à natureza e ao meio ambiente é o negócio que mais vai crescer no Brasil”, destacou o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes. “Vamos ter significativo incremento da exploração turística do parque, gerando emprego e renda. Porém, tendo sempre como prioridade a preservação da unidade de conservação”.

ETAPAS - A Sessão Pública da segunda e última etapa da licitação aconteceu nesta terça-feira (05), quando houve o julgamento dos documentos de qualificação das empresas previamente classificadas na etapa anterior, conforme estabelecido no edital. Na primeira sessão, realizada, em 23 de outubro, foram recebidos e analisados o Plano de Negócios e a Proposta Econômica. As outras duas empresas proponentes foram a Urbanes Empreendimentos e Priscila Scheffer Dias –Turismo.

CONCESSÃO - O Instituto Ambiental do Paraná (IAP), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, continuará sendo o órgão administrador e responsável pela política pública do local. O instituto também vai monitorar se a gestão obedece o plano de manejo.

Um grupo de trabalho foi formado exclusivamente para monitorar e acompanhar o cumprimento das medidas que vão garantir a preservação de toda a área. Participam técnicos da secretaria estadual, do IAP, Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG), Instituto das Águas do Paraná e Paraná Turismo.

PARQUE – O Parque Estadual de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de 3 mil hectares e diversas atrações, entre elas os arenitos, furnas e a Lagoa Dourada.

Já foram encontradas no parque muitas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em:
https://www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem