IAP

16/08/2019

Autorizadas obras de melhoria em trapiches na Ilha do Mel

São as estruturas de Encantadas e Nova Brasília. Contratação inclui o fornecimento de todo o material, mão de obra, equipamentos e ferramentas.

 

A licitação das obras de reparos e melhorias dos trapiches existentes de Encantadas e Nova Brasília, na Ilha do Mel, foi autorizada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, nesta quinta-feira (15), durante evento na sede administrativa da empresa Portos do Paraná.

O prazo para entrega, depois de publicada a licitação, será de sete meses. A contratação inclui o fornecimento de todo o material, mão de obra, equipamentos e ferramentas, além da destinação final dos materiais que não forem reaproveitados na obra.

Ratinho Junior afirmou que o Estado trabalha para ampliar a imagem do Paraná como destino turístico do Brasil, e que a região litorânea é fundamental nesse processo. “Teremos, na Ilha do Mel, trapiches muito mais modernos, com acessibilidade e conforto para receber os turistas”, afirmou. “A Ilha do Mel é o nosso cartão-postal e precisa ser bem cuidada. Vamos começar com o receptivo aos turistas e, automaticamente, avançar em outros projetos importantes para o Litoral”, disse o governador.

Os Portos do Paraná, ressaltou ele, são vetores importantes no desenvolvimento dos municípios do Litoral. “Eu quero o porto olhando cada vez mais para as cidades. Com isso, temos avançados bastante com bons projetos nas áreas sociais e ambientais”, disse.

COMPROMISSO — As reformas fazem parte do compromisso assumido como uma das condicionantes do Ibama para a emissão da Licença de Instalação da dragagem de aprofundamento executada em 2017. “A prioridade é que os Portos do Paraná sejam agentes transformadores da realidade do Litoral. Por isso, dentro do que a lei nos permite, queremos atender a população da melhor forma possível”, explicou o diretor-presidente da empresa pública, Luiz Fernando Garcia.

QUALIDADE – O Governo do Estado exigiu o uso de melhor material para durabilidade e resistência das estruturas. Além disso, exigiu luminárias de led com baterias recarregadas por painéis fotovoltaicos; rampas com corrimãos para acessibilidade; que os trapiches de concreto sejam conectados a píeres flutuantes interligados por uma rampa articulada, que se movimente de acordo com o mar; lixeiras para separação correta de resíduos; bancos de espera; proteção lateral para segurança; e cobertura.

Os trapiches da Ilha do Mel fazem parte de um conjunto de 14 estruturas, com projetos custeados pela Administração dos Portos do Paraná: nove serão reformadas e cinco serão construídos. Os projetos estão sendo realizados dentro do prazo de 270 dias, e devem ser entregues até dezembro deste ano.

ESTRUTURAS - Serão reformados os trapiches nas comunidades de Amparo, Europinha, Eufrasina, Ilha do Mel (Brasília e Encantadas), Ilha do Teixeira, Piaçaguera, Rocio e Vila Maciel. Novas estruturas serão construídas na Ilha dos Valadares (um no mar de fora e outro próximo à passarela), em Pontal do Sul (Vila dos Pescadores) e em Antonina (na Ponta da Pita e no Portinho).

“O porto fará os projetos e a executará das obras e, depois de concluídos, a gestão e manutenção dos equipamentos ficará a cargo dos municípios. A intenção é atender as comunidades da melhor forma possível, com ações que realmente tragam benefícios para o dia a dia”, explica o diretor de Meio Ambiente da Portos do Paraná, João Paulo Ribeiro Santana.

PRESENÇAS – Participaram do evento os secretários da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, e da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; os deputados estaduais Gilson de Souza, Alexandre Curi e Nelson Justus, os prefeitos de Paranaguá, Marcelo Roque; de Matinhos, Ruy Hauer; Guaraqueçaba, Ariad Junior, e Antonina, José Paulo Vieira Azim.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em:

https://www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo/

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem