Parque Estadual Rio Guarani - Biodiversidade
Informações Gerais  |   Biodiversidade  |   Localização e Acesso  |   Atrativos e Atividades  |   Informações aos Visitantes  |   Infraestrutura  |   Plano de Manejo  |   Ficha Técnica  |  

A área do Parque é caracterizada pela faixa de contato entre a Floresta Estacional Semidecidual e a Floresta Ombrófila Mista com Araucária. 

Dentre as principais espécies da flora existentes no local, citam-se a araucária (Araucaria angustifolia), a imbuia (Ocotea porosa), o sassafrás (Ocotea odorifera) e o xaximbugio (Dicksonia sellowiana), os quais figuram também na lista oficial de espécies ameaçadas de extinção do Brasil pela vulnerabilidade a qual estão sujeitas as suas populações naturais, em função das práticas de manejo adotadas no passado, e da grande pressão de ocupação observada atualmente. 

Quanto à fauna local, identificou-se, até então, 53 espécies mamíferos, 40 espécies de répteis e 23 espécies de anfíbios.
 
O Parque possui ainda uma rica avifauna. Um total de 254 espécies de aves, distribuídas em 50 famílias, são registradas para o Parque Estadual do Rio Guarani. Este número representa 35,7% das aves do Paraná. Alguns exemplos dessa avifauna são: juruva (Baryphthengus ruficapillus), formigueiro-de-asa-vermelha (Herpsilochmus rufimarginatus), mosqueteirinho-cinzento (Hemitriccus diops), tié-tinga (Cissops leveriana), o bico-depimenta (Pitylus fuliginosus), bem como papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), cisqueiro (Clibanornis dendrocolaptoides) e beija-flor-de-topete (Stephanoxis lalandi loddigessi). 

O PERG representa uma importante área biogeográfica, pois agrega num mesmo local, espécies das mais importantes formações florestais do estado. A preservação das áreas florestadas da região é de vital importância para a manutenção da biodiversidade do oeste paranaense.