Estação Ecológica do Caiuá - Informações Gerais
Informações Gerais  |   Biodiversidade  |   Localização e Acesso  |   Atrativos e Atividades  |   Informações aos Visitantes  |   Infraestrutura  |   Plano de Manejo  |   Ficha Técnica  |  

A Estação Ecológica do Caiuá foi criada pelo Decreto Estadual nº 4263 de 21 de Novembro de 1994 e ampliada pelo Decreto Estadual n° 3932 de 04 de Dezembro de 2008 tendo como objetivos proteger um dos últimos remanescentes da Floresta Estacional Semidecidual regional; proporcionar pesquisas básicas e científicas; possibilitar atividades de educação ambiental na Unidade e no entorno; contribuir para o equilíbrio ambiental e desenvolvimento sustentável regional, assim como com a biodiversidade e o banco genético do Patrimônio Paranaense sob o domínio da Mata Atlântica.

Localiza-se no Município de Diamante do Norte, sendo o maior remanescente florestal contínuo do Noroeste do Paraná. Possui área de 1.449,4834 hectares e abriga diversas espécies de fauna e flora ameaçadas de extinção.

Dispõe de Plano de Manejo, Regimento Interno, Conselho Gestor Consultivo, Gerente, Guarda-Parques, Biólogo, estagiários, zeladora, 2 Brigadas de Combate a Incêndios Florestais, integrantes do Programa do Voluntariado - VOU e Centro de Referência da Rede de Monitores Ambientais Voluntários dos Corredores de Biodiversidade – REMAVOU.

Por se tratar de uma Estação ecológica, as visitas devem ser agendadas. Possui uma excelente infra-estrutura para realização de educação ambiental, treinamentos e pesquisas científicas com: alojamentos (masculino e feminino), laboratórios de fauna e flora, sala de estudos, refeitório, auditório, museu com um “diorama” (representando a fauna e flora local) e herbário.

As informações sobre a Estação Ecológica do Caiuá constantes neste site foram retirados de seu Plano de Manejo, concluído em 1999.