Parque Estadual do Guartelá - Atrativos e Atividades
Informações Gerais  |   Biodiversidade  |   Localização e Acesso  |   Atrativos e Atividades  |   Informações aos Visitantes  |   Infraestrutura  |   Plano de Manejo  |   Ficha Técnica  |  

A grande atração do Parque é a beleza natural do 6º maior canyon do planeta em extensão, o “Canyon do Rio Iapó”, beleza esta enriquecida pela Cachoeira da Ponte de Pedra, derivada da força das águas do Córrego Pedregulho.

A ação da água e do vento durante milhares de anos esculpiu estruturas como lapas, fendas, grotas e formas curiosas sobre as rochas areníticas, expondo feições ruiniformes em pequena escala e uma enorme fenda entre paredões rochosos.

No Parque há ainda pinturas rupestres que datam aproximadamente 7.000 anos e que foram deixadas em rochas e lapas por indígenas, primeiros habitantes da região. 

Atividades
Os visitantes do Parque podem caminhadar por trilhas interpretativas, contemplar a paisagem, visitar sítios pré-históricos, banhar-se, na área permitida, nas piscinas naturais também conhecidas como “panelões” ou “panelas de sumidouros” , observar as espécies de fauna e flora e desenvolver pesquisas científicas, com a devida autorização do IAP.

Centro de Visitantes: Ao chegar ao parque, o visitante passará pelo Centro de Visitantes, onde será feito seu cadastro, visando sua segurança durante a visitação da área, e onde lhe serão repassadas informações gerais sobre o Parque (recursos audiovisuais). No Centro de Visitantes há local para estacionamento, materiais educativos e informativos sobre o Parque, sanitários e água potável.

Trilha Básica: Auto-guiada, com aproximadamente 5.000 m de extensão (ida e volta), grau de dificuldade médio, com acesso aos panelões do Arroio Pedregulho (banho permitido), ao mirante do canyon do Rio Iapó, à cachoeira Ponte de Pedra. Tempo previsto para o percurso = 3 horas.

Trilha das Pinturas Rupestres: Guiada, com 6.000 m de extensão (ida e volta), grau de dificuldade média, com acesso aos panelões do Arroio Pedregulho (banho permitido), às pinturas rupestres (que datam de aproximadamente 7.000 anos), ao portal de rochosas areníticas, além de vários mirantes naturais, com vista para o canyon. Tempo previsto para o percurso = 4 horas.  O acesso à trilha é permitido somente com condutor, devendo ser agendado previamente através do telefone 0800-643-1388 junto a Prefeitura Municipal de Tibagi - Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo.

Quiosques: Localizados no Capão a 2.000 m do centro de visitantes (ida e volta), grau de dificuldade médio. Há no local água potável, sanitários, pontos de descanso e relaxamento, sendo permitido lanches frios (piqueniques).

ATENÇÃO!
É aconselhável, para melhor aproveitar do passeio, chegar ao Parque no período da manhã ou logo após o almoço, devido a extensão dos trajetos e ao tempo necessário para percorrê-los.