Sobre o Boletim da Qualidade do Ar

O Boletim mensal da qualidade do ar informa, de forma resumida, os resultados obtidos na Rede de Monitoramento da Região Metropolitana de Curitiba. O boletim mensal consiste numa planilha específica para cada Estação de Monitoramento onde constam os seguintes itens:

  • nome da estação e sua localização
     
  • dados climáticos: temperatura e umidade – médias diárias
    A concentração de poluentes na atmosfera está fortemente relacionada com as condições meteorológicas, tais como: calmaria, inversão térmica, insolação e chuva. Com referência à insolação, altas concentrações de ozônio são observadas preferencialmente nos dias mais quentes. Períodos de chuva, que apresentam geralmente concentrações menores dos poluentes, podem ser identificados pela alta umidade relativa neles registrada.
     
  • índice de qualidade do ar (IQA) por poluente
    Este índice padroniza todos os poluentes medidos em uma única escala visando facilitar a divulgação dos resultados do monitoramento da qualidade do ar, tendo sido desenvolvido no Canadá e EUA na década de 80. Através do índice de qualidade do ar o impacto de um certo poluente pode ser comparado com o de outro, porque um mesmo valor de índice significa o mesmo efeito Os parâmetros contemplados pela estrutura do índice são:
    - dióxido de enxofre (SO2)
    - dióxido de nitrogênio (NO2)
    - ozônio (O3)
    - monóxido de carbono (CO)
    - partículas inaláveis (PI)
    - partículas totais em suspensão (PTS)
    - fumaça
     
  • índice de qualidade do ar (IQA) por estação
    Para cada poluente medido é calculado um índice individual e o índice da estação é determinado pelo maior índice individual. Depois de verificado este valor o ar no entorno da estação é classificado, com uma espécie de nota feita conforme a escala abaixo, que representa o seu enquadramento.
     
  • enquadramento por categoria em função do IQA da estação

tabela descrevendo categoria em funçã do IQA da estação

Os impactos são escalonados em categorias de qualidade do ar da seguinte forma: a faixa de categoria BOA corresponde a um índice até 50. Um índice entre 50 e 100 enquadra na faixa REGULAR. As duas faixas: BOA e REGULAR atendem ao padrão primário de qualidade do ar, estabelecido para a proteção da saúde da população. As categorias com um índice acima de 100 representam violações deste padrão e devem ser evitadas.

No enquadramento no boletim mensal, para os dias onde a categoria do ar não foi enquadrada como BOA, é informada a concentração do poluente com o maior índice e o respectivo período de tempo no qual esta concentração foi registrada, que pode ser o dia inteiro (no caso de PTS, PI, Fumaça e SO2) ou 8 horas (CO) ou uma hora (CO, NO2 e O3), de acordo com as definições dos padrões da qualidade do ar.

Recomendar esta página via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem