Monitoramento da Qualidade das Águas dos Rios da Região Metropolitana de Curitiba - Metodologia

Para avaliar e classificar a qualidade das águas de rios do Estado do Paraná, o Instituto Ambiental do Paraná através das equipes de qualidade da água da Diretoria de Estudos e Padrões Ambientais – DEPAM, mantêm a execução de atividades que se iniciam com inspeções e medições de campo, coleta de amostras em estações de monitoramento, realização de ensaios laboratoriais, tabulação e a interpretação dos resultados.

O conteúdo apresentado neste sitio sintetiza na forma de relatório e gráficos de qualidade, 13 anos de trabalhos com apresentação de resultados estatisticamente trabalhados.

Consideramos que o principal papel deste produto é divulgar os diagnósticos de qualidade da água buscando o envolvimento da população através de ações de conscientização e educação ambiental, somadas às ações de controle preventivo e efetivo da poluição hídrica promovidas pelo Estado.


Qualidade das Águas do Alto Iguaçu

A apresentação dos dados da Região Metropolitana de Curitiba, foi priorizada neste documento, por ser esta, a mais densamente ocupada e apresentar uma grande diversidade de impactos sobre a qualidade da água.

O presente diagnóstico demonstra que a qualidade de água nos rios da Região Metropolitana de Curitiba vem sofrendo o efeito da urbanização sobre a qualidade da água dos mananciais demonstrando tendências de piora ou estabilidade dos níveis de comprometimento. Consideramos que o principal papel deste relatório é divulgar os diagnósticos de qualidade da água buscando o envolvimento da população através de ações de conscientização e educação ambiental, somadas às ações de controle preventivo e efetivo da poluição hídrica promovidas pelo Estado.

As variáveis consideradas nesta avaliação são relativas à aspectos de qualidade físico-química, bacteriológica e ecotoxicológica das águas e os resultados estão integrados para os parâmetros medidos, permitindo comparações espaciais e temporais entre os diversos sistemas existentes na região.
Recomendar esta página via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Captcha Image Carregar outra imagem